Augusto Aras persegue Conrado Hübner Mendes, da USP, por chamá-lo de “poste” e “servo do presidente” 

Alçado ao comando da PGR, Augusto Aras entrou com queixa-crime em que acusa o professor dos crimes de calúnia, injúria e difamação

Fonte: Augusto Aras persegue Conrado Hübner Mendes, da USP, por chamá-lo de “poste” e “servo do presidente” | Revista Fórum

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s