Em ato por direito à moradia, policiais atingem mulher grávida com gás lacrimogênio

Integrantes de movimentos sociais e comunidades originárias de Teresina, no Piauí, denunciam truculência policial durante um protesto realizado em frente à sede da prefeitura, na terça-feira (15). No ato, os manifestantes reivindicaram o direito à moradia e a realização de uma audiência com o prefeito da cidade, José Pessoa Leal (MDB), devido à proximidade do fim da liminar concedida pelo STF que proíbe despejos e desocupações, que se encerra no dia 31 de março e coloca em risco mais de 200 ocupações organizadas em Teresina.No entanto, durante um momento do protesto, policiais mili

Fonte: Em ato por direito à moradia, policiais atingem mulher grávida com gás lacrimogênio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: