Em decisão inédita, Judiciário da Bahia condena evangélica por intolerância religiosa

A Bahia registra a primeira punição por intolerância religiosa por via criminal. A ação, confirmada pelo Tribunal de Justiça do estado, foi emitida na última segunda-feira (7).  O caso aconteceu a 50 km da capital, no município de Camaçari. De acordo com os filhos de santo do Terreiro Oyá Denã, Edneide Santos de Jesus os hostilizava, desde agosto de 2014, proferindo frases como “sai satanás” e jogando sal grosso na frente da casa. Vinculada à Igreja Casa de Oração Ministério de Cristo, que se estabeleceu em julho de 2013, Edneide não aceitava o fato de que, do outro lado da via ond

Fonte: Em decisão inédita, Judiciário da Bahia condena evangélica por intolerância religiosa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s