Ato em Pernambuco denuncia despejo de 200 famílias de acampamento sem-terra

No Recife, o Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST) e outras frentes populares se reuniram em frente ao Palácio do Campo das Princesas na manhã desta quarta-feira (26), em ato pacífico e simbólico. Com uma grande faixa escrita “Despejo Na Pandemia é Crime”, ativistas denunciaram uma ação de desapropriação de 200 famílias do Acampamento Bondade, no município de Amaraji – a 96 km da capital pernambucana – executada pela Polícia Militar na última terça-feira (25). O pedido de despejo foi feito por uma usina local chamada União. Representantes do MST afirmam que a população aguardava a

Fonte: Ato em Pernambuco denuncia despejo de 200 famílias de acampamento sem-terra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s