Sindicalista denuncia ilegalidade em privatização e é punido pela Petrobras

Uma suspensão sobre o exercício de atividade sindicai está sendo denunciada como arbitrária pelo movimento petroleiro e dos trabalhadores. No último dia 5 de abril, o Coordenador Geral da Federação Única dos Petroleiros (FUP) e Diretor do Sindicato dos Petroleiros do Estado da Bahia (Sindipetro), Deyvid Bacelar, recebeu ordem de suspensão disciplinar de 29 dias pela Petrobras, através da Gerência Geral da Refinaria Landulpho Alves (Rlam). De acordo com o movimento sindical, o representante teria sido punido por denunciar os riscos a que os trabalhadores estavam submetidos por conta da venda da

Fonte: Sindicalista denuncia ilegalidade em privatização e é punido pela Petrobras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s